Última hora

Última hora

Corrida ao dinheiro no Egito

Em leitura:

Corrida ao dinheiro no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a corrida ao dinheiro no Egito.

Às primeiras horas da manhã, o distrito financeiro do Cairo era já um dos mais movimentados.

Muitos fizeram fila para levantar o dinheiro. Ao fim de uma semana, e de acordo com o Banco central do Egito, mais de 200 instituições financeiras voltaram a abrir portas.

O governo garante que o país tem liquidez financeira para enfrentar a situação.

Até ao momento, restrições só mesmo aos levantamentos diários. Cada pessoa pode levantar no máximo 50.000 libras egípcias, cerca de sete mil euros.

Um homem diz apoiar a revolução “até ao último minuto, mesmo não que os filhos tenham nada, mesmo que fique sem trabalho, mesmo que tenha de morrer. Não podemos voltar a atrás. Vamos continuar a lutar pela mudança de regime que acreditamos, há-de chegar”

Economistas fizeram um estudo e concluíram que a instabilidade política está a custar, por dia, ao país mais de 220 milhões de euros.