Última hora

Última hora

Reino Unido: Privatização de florestas causa polémica.

Em leitura:

Reino Unido: Privatização de florestas causa polémica.

Tamanho do texto Aa Aa

No Reino Unido, a ideia de vender florestas para reduzir os gastos públicos teve um impacto tão negativo na opinião pública, que o executivo viu-se obrigado a rever a ideia.

A proposta do governo inclui a privatização de mais de 250 mil hectares e o convite a instituições de beneficência para a aquisição de florestas antigas.

A oposição fala de erro grosseiro: “É costume as pessoas plantarem uma árvore quando um enriquecido morre, ou como uma dádiva para as gerações vindouras. Acho que se está a cometer uma erro grosseiro. Isto é algo que a Sra. Thatcher já tinha tentado nos anos 80”, argumenta

Mary Creagh do Partido Trabalhista.

As críticas da oposição e do público em geral foram tão acutilantes que o governo disse que o plano não passa de uma ideia a ser discutida.

“É muito bonito dizer que havíamos de poder controlar aquilo que eles não devem fazer. Que não se devia cortar árvores.

Eu passei dez anos no departamento de tempos livres numa autarquia e sei a grande

responsabilidade que isso é. Sei muito bem quanto custa e o grau de conhecimento específico exigido para cuidar das árvores e das florestas convenientemente” defende a deputada

conservadora Caroline Spelman.

Apesar de o executivo afirmar que está disposto a ouvir todas as partes, isso não impede os protestos contra o que muitos chamam de ataque ao legado cultural britânico.