Última hora

Última hora

Assange pede a tribunal de Londres para recusar extradição

Em leitura:

Assange pede a tribunal de Londres para recusar extradição

Tamanho do texto Aa Aa

Os advogados de Julian Assange pediram à Justiça britânica para recusar a extradição do fundador da Wikileaks para a Suécia, onde é acusado de agressões sexuais.

A equipa de defesa diz que não terá um julgamento justo no país escandinavo e pode arriscar posteriormente a pena de morte nos Estados Unidos.

À saída do tribunal, um perito que testemunhou pela defesa disse que forneceu “provas de que uma das queixosas tinha apagado comentários [em redes sociais da internet] que sugeriam um ambiente amigável entre ela e Assange cerca de 20 horas depois do alegado crime”.

Os advogados de Assange temem que a extradição para a Suécia seja apenas um primeiro passo para depois ser enviado para os Estados Unidos, onde poderá mesmo enfrentar a pena capital pelo crime de espionagem, devido às revelações de documentos que embaraçaram Washington.