Última hora

Última hora

Justiça francesa em greve

Em leitura:

Justiça francesa em greve

Tamanho do texto Aa Aa

Os juízes franceses estão em greve. Vários tribunais em todo o país suspenderam as audiências até quinta-feira, dia de mobilização nacional.

Os magistrados protestam contra a falta de meios no setor e contra as declarações feitas pelo presidente francês. Nicolas Sarkozy quer apurar responsabilidades sobre a libertação, sem acompanhamento, de um criminoso reincidente.

“Dizer que a culpa é do juiz, é desconhecer o funcionamento da justiça. Os juízes não tinham os meios suficientes e tinham avisado. O ministro da Justiça nunca lhes deu esses meios”, afirmou o juiz Renaud Van Ruymbeke.

As críticas do presidente francês surgiram após a violação e assassinato de uma adolescente alegadamente por um criminoso reincidente, que saiu da prisão sem acompanhamento judiciário ou psiquiátrico.

“Os que cobriram ou deixaram passar esta falha serão punidos”, declarou o presidente francês, a 3 de fevereiro, na cidade de Orléans.

Os juízes não gostaram da acusação e decidiram desafiar a lei ao unir-se numa greve sem precedentes em França.