Última hora

Última hora

Preços dos alimentos batem recorde

Em leitura:

Preços dos alimentos batem recorde

Tamanho do texto Aa Aa

Os preços mundiais dos alimentos atingiram em janeiro o valor mais alto desde 1990, ano em que as Nações Unidas iniciaram o registo.

O índice calculado pela FAO subiu pelo sétimo mês consecutivo. Atingiu os 231 pontos, destronando o recorde de Junho de 2008, no auge da crise alimentar mundial.

“Qualquer coisa que tenha trigo, massas, açúcar, produtos de panificação, leite, ovos, manteiga, produtos básicos, é o que está a ser mais afetado. Vaca, porco, galinha..”, diz o comprador de mercearia Dan O’Neill.

Os produtores de carne de porco preparam-se para preços recorde no verão. Prevê-se uma subida de dez por cento em relação ao ano passado.“Vamos ver o preço do porco aumentar, os produtores a ganharem mais, mas isso vai refletir-se ao nível do retalho”, realça o produtor Mike Woltmann.

O recorde dos preços alimentares constitui uma séria ameaça à estabilidade social e económica, sobretudo nas regiões mais pobres.