Última hora

Última hora

Extradição de Assange decidida na sexta-feira

Em leitura:

Extradição de Assange decidida na sexta-feira

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dias não foram suficientes para a justiça britânica decidir se extradita para a Suécia o fundador do sítio do Wikileaks, Julian Assange, para ser julgado por alegados crimes sexuais.

Quem paga são os contribuintes. “Vemos os orçamentos ilimitados da Suécia e do Reino Unido serem gastos neste assunto, e também o meu modesto orçamento na resposta”, declarou Julian Assange.

O advogado de Assange considera desproporcionada a ação da procuradoria sueca, pois nem sequer se deu ao trabalho de questionar o réu. “Desafio a procuradora Marianne Ny a vir a Londres, pode vir na sexta-feira, e garantir ela mesma o princípio do contraditório”, disse Mark Stephens.

O homem que irritou o governo norte-americano por publicar milhares de documentos confidenciais diz-se inocente. A defesa receia a extradição de Assange para os Estados Unidos caso seja enviado para a Suécia.