Última hora

Última hora

Manifestantes concentram em frente a edifícios do Estado

Em leitura:

Manifestantes concentram em frente a edifícios do Estado

Tamanho do texto Aa Aa

O braço-de-ferro entre manifestantes e o regime do Egito entrou no 16º dia consecutivo. Um dia em que centenas de pessoas regressaram ao parlamento e à sede do governo para protestar. A residência oficial do primeiro-ministro foi também palco de protestos.

O exército concentrou-se em grande número na avenida de acesso ao palácio presidencial.

Para sexta-feira os organizadores tencionam reunir-se em frente à rádio e televisão públicas naquela que será a próxima grande manifestação.

Mas não é apenas no Cairo onde se registam distúrbios Na cidade meridional de El Karigo o confronto entre polícia e manifestantes resultou na morte de três pessoas e uma centena de feridos . As forças da ordem usaram balas reais, a multidão em fúria incendiou sete edifícios públicos, incluindo duas esquadras de polícia e um tribunal.

O presidente encontrou-se hoje com o enviado especial russo para o Médio Oriente. A comissão decretada por Hosni Mubarak para reformar a Constituição acordou alterar seis artigos da Lei Fundamental, entre os quais o da limitação de mandatos presidenciais e o dos requisitos para ser candidato.