Última hora

Última hora

Pista das gémeas desaparecidas termina em França

Em leitura:

Pista das gémeas desaparecidas termina em França

Tamanho do texto Aa Aa

As polícias francesa, suiça e italiana tentam encontrar a pista das duas gémeas suíças desaparecidas desde o final de Janeiro.

A investigação em curso permitiu confirmar que ambas tinham embarcado num ferry-boat em Marselha, com destino à Córsega, depois terem sido raptadas pelo pai na Suíça.

Os investigadores estão a recolher análises de ADN no interior do navio, não excluíndo a possibilidade de que as crianças de seis anos possam ter desaparecido durante a viagem.

A polícia tenta também reconstituir o itinerário do pai entre a Córsega e o Sul de Itália, onde se suicidou no dia 3 de Fevereiro, depois de ter enviado à ex-mulher várias cartas com dinheiro.

O porta-voz da polícia suíça afirma que, “os correios suíços conseguiram intercetar vários envelopes com notas enviados pelo pais das gémeas à ex-mulher, num total de 4.400 euros. Mas nestes envelopes só encontraram notas e nenhuma mensagem pessoal”.

A polícia afirmou hoje que não descarta a possibilidade das duas crianças estarem mortas. O pai das gémeas que se tinha divorciado recentemente, teria enviado uma carta à ex-mulher onde confessava estar desesperado com a situação.