Última hora

Última hora

Egito: Mais protestos nas principais cidades

Em leitura:

Egito: Mais protestos nas principais cidades

Tamanho do texto Aa Aa

No Egito as manifestações contra Mubarak não se limitam ao Cairo.

Em Port Said perto de três mil manifestantes invadiram a sede da província e incendiaram o edifício.

Os manifestantes eram originários de um bairro onde vivem há mais de 15 anos em cabanas de madeira sem condições.

Em El Kharga, cerca de 500 quilómetros a sul do Cairo, milhares de pessoas protestaram contra a morte de pelo menos 3 manifestantes durante os confrontos verificados com a polícia.

Centenas de trabalhadores do canal de Suez manifestaram-se nas ruas da cidade exigindo aumentos salariais e a demissão do responsável pelos serviços.

Em Alexandria, milhares de habitantes da segunda maior cidade egípcia manifestaram-se quarta-feira junto da principal mesquita.

Nas grandes cidades do Egito, continua-se a exigir a partida de Hosni Mubrak.