Última hora

Última hora

Eurodeputados querem trabalhar só em Bruxelas

Em leitura:

Eurodeputados querem trabalhar só em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

Fartos do vai e vem entre Bruxelas e Estrasburgo, os deputados europeus querem que haja apenas uma sede do Parlamento Europeu e que esta seja na capital belga.

Atualmente, os eurodeputados reúnem-se quatro dias por mês em Estrasburgo, em França, e de forma irregular em Bruxelas. O edifício belga serve para as reuniões das comissões e grupos parlamentares.

A nova ofensiva contra a manutenção dos dois edifícios parte do eurodeputado britânico Edward McMillan-Scott. Em tempos de contenção orçamental na Europa, o relatório do eurodeputado garante que um único edifício permitiria poupar 180 milhões de euros por ano e evitar a emissão, anual, de 19 mil toneladas de dióxido carbono. O desejo dos eurodeputados é reforçado pela petição na internet, que já recolheu mais de um milhão de assinaturas.

A decisão tem de ser tomada pelos chefes de Estado e de governo dos Vinte e Sete e de forma unânime. Mas a França é contra.

Para o edifício de Estrasburgo, os defensores da mudança propõe que seja transformado em universidade ou centro de investigação tecnológica