Última hora

Última hora

Greve de sexo para impasse político belga

Em leitura:

Greve de sexo para impasse político belga

Tamanho do texto Aa Aa

Se os homens não se entendem na política, as mulheres fazem greve de sexo. A ideia circula na Bélgica que não tem governo há oito meses. Foi sugerida pela senadora socialista e ginecologista Marleen Temmerman, depois de ter havido a ideia dos homens não se barbearem em protesto.

“A ideia é avançarmos para uma greve de sexo até termos um governo. E claro que eu sei que é ação lúdica, não é para ser levada a sério mas naturalmente que as pessoas sorriem”, disse.

Entre os belgas há que ache piada e há também quem leve a sério a ideia. “sim, é engraçado mas acho que não será eficaz. Não vou aderir”, afirma uma cidadã. “Resulta sempre. E pode ser justamente isso que precisamos agora”, diz outro belga.

E assim vai o Reino dos belgas, há mais de 242 dias sem governo. Flamengos e Valões não chegam a acordo depois dos cidadãos terem exercido o dever cívico nas eleições de junho do ano passado.