Última hora

Última hora

Irão: Líder da oposição em prisão domiciliária depois de convocar manifestação

Em leitura:

Irão: Líder da oposição em prisão domiciliária depois de convocar manifestação

Tamanho do texto Aa Aa

O líder da oposição iraniana encontra-se sob prisão domiciliária, depois de ter convocado uma manifestação de apoio às revoltas na Tunísia e no Egito.

Desde esta manhã, que a polícia bloqueia a casa de Mehdi Karroubi, impedindo o acesso mesmo aos familiares do opositor ao presidente.

O político reformista, líder do Movimento da Confiança Nacional, em conjunto com outros líderes da oposição, tinha convocado uma manifestação para o próximo dia 14 de Fevereiro, em Teerão, de apoio aos movimentos de protesto na Tunísia e no Egito.

Contactada pela Euronews, a esposa do opositor, Fatemeh Karroubi, confirma que, “desde ontem que o número de polícias à porta de casa tem vindo a aumentar. Desde há vários meses que estamos sob vigilância policial, mas desde ontem que não me deixam sair de casa. Os meus filhos foram hoje impedidos de entrar pela polícia”.

O gesto do governo iraniano ocorre dias depois das autoridades terem apoiado publicamente a revolta no Egito como um “despertar do islamismo no país”.

Teerão, que ainda não deu autorização para a marcha de dia 20, teme um reacender dos protestos que marcaram a vitória eleitoral de Ahmadinejad em 2009.