Última hora

Última hora

Berlusconi indiferente aos protestos das mulheres

Em leitura:

Berlusconi indiferente aos protestos das mulheres

Tamanho do texto Aa Aa

Silvio Berlusconi não cede à pressão das ruas nem dos adversários políticos. O primeiro-ministro italiano diz que não se vai demitir e qualifica as manifestações deste domingo como mobilizações partidárias.

Ontem, milhares de mulheres disseram “Basta” a Berlusconi, considerando que os escândalos de prostituição com menores mancham a dignidade das italianas.

Um assunto que converteu a Itália “na piada do ocidente”, declarou Gianfranco Fini. O presidente da Câmara dos Deputados e arqui-inimigo de Berlusconi propôs, ontem, a convocação de eleições antecipadas.

Um descontentamento visível nas primeiras páginas dos jornais italianos. À esquerda, o “L’Unitá” escreve que as manifestações de domingo são apenas “o início”.

Agora, o primeiro-ministro poderá ter de fazer contas com a justiça. Na semana passada, a Procuradoria de Milão solicitou o julgamento imediato de Berlusconi por crimes de abuso de poder e sexo com uma menor. A decisão vai ser conhecida esta semana.