Última hora

Última hora

"Dia de Raiva" no Bahrein

Em leitura:

"Dia de Raiva" no Bahrein

Tamanho do texto Aa Aa

A monarquia do Bahrein está em alerta face à ameaça de protestos. Para hoje, a população de maioria xiita promete sair à rua para pedir reformas políticas e manifestar-se contra a falta de emprego e de habitação.

Esta noite, registaram-se confrontos numa localidade xiita entre um grupo de jovens e as autoridades. Testemunhas contam que a polícia entrou com gás lacrimogéneo num edifício onde se celebrava um casamento.

O incidente aconteceu em Karzakan, no noroeste da capital Manama. No Bahrein, a população de maioria xiita queixa-se de descriminação face à minoria sunita que detém o poder.

Nesta pequena monarquia do Golfo Pérsico, onde o petróleo é rei, foram introduzidas tímidas reformas políticas, na última década, que permitiram aos xiitas conquistar alguns assentos no Parlamento.

Para evitar uma onda de revolta inspirada pela Tunísia e Egito, o rei Hamad bin Isa Al Khalifa prometeu cerca de dois mil euros a cada família e mais liberdade de imprensa.