Última hora

Última hora

Irão: líderes da oposição em "prisão domiciliária"

Em leitura:

Irão: líderes da oposição em "prisão domiciliária"

Tamanho do texto Aa Aa

Os principais líderes da oposição iraniana foram impedidos de se juntarem aos protestos antigovernamentais.

A Euronews falou com Ardeshir Amirarjomand, conselheiro de Mirhossein Moussavi. “Moussavi, a senhora Rahnavard (esposa) e Mehdi Karroubi iam participar nos protestos mas as forças de segurança impediram-nos”, conta. “Tiraram as chaves do carro aos guarda-costas de Moussavi. Ele ainda não pôde sair de casa, onde foi colocado um enorme carro para barrar a passagem”.

O apoio aos povos do Egito e da Tunísia foi um pretexto para a oposição organizar os protestos? O conselheiro de Moussavi diz que não. “Convocámos uma manifestação de apoio aos movimentos a favor da liberdade na região. Se o governo iraniano pensa que a situação do povo iraniano é a mesma que na Tunísia e no Egito isso não é problema nosso. Pedimos autorização oficial para manifestar com o objetivo de apoiar os povos da região. Pedimos também democracia e liberdade para o povo iraniano.”