Última hora

Última hora

Protestos no Iémen terminam novamente em confrontos

Em leitura:

Protestos no Iémen terminam novamente em confrontos

Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos contra o presidente iemenita voltaram a resultar em confrontos. Este foi o quarto dia de manifestações contra Ali Abdullah Saleh na capital do Iémen. Os participantes não ultrapassaram os três milhares. A concentração teve como ponto de encontro a universidade de Saná e em seguida os manifestantes tentaram desfilar até à praça Tahrir, que em árabe significa libertação. Durante a marcha, algumas centenas de partidários do presidente atacaram os manifestantes para os impedir de chegar ao local. A polícia colocou-se de permeio depois de algumas escaramuças. De acordo com a ONG Human Rights Watch as forças da ordem recorreram a métodos brutais, como descargas elétricas de Taser contra os opositores ao regime. Desde que o mundo árabe se começou a manifestar contra as suas lideranças, o presidente Saleh, que está no poder há 32 anos, prometeu não se apresentar às próximas eleições marcadas para 2013.