Última hora

Última hora

Protestos fazem dois mortos no Bahrein

Em leitura:

Protestos fazem dois mortos no Bahrein

Tamanho do texto Aa Aa

Dois mortos de confissão xiita é o balanço atual da contestação antigovernamental no Bahrein, um reino governado por uma dinastia sunita. O partido xiita al-Wefaq, na oposição, suspendeu a sua participação parlamentar e denunciou a brutalidade da repressão. A primeira morte ocorreu na segunda-feira à noite. O rei dirigiu-se ao país esta terça-feira, depois da segunda morte. O xeque Hamad ben Issa Al Khalifa deplorou os óbitos e anunciou a criação de uma comissão de inquérito chefiada por um xiita. Mas apesar das palavras do soberano as manifestações prosseguiram durante o dia.
 
Os xiitas, apesar de maioritários, consideram-se discriminados. A dinastia Al Khalifa reina no Bahrein desde 1783. O rei atual acedeu à chefia do Estado em 1999 e instaurou um sistema bicameral com um parlamento eleito ao sufrágio universal.