Última hora

Última hora

Berlusconi: "não estou preocupado"

Em leitura:

Berlusconi: "não estou preocupado"

Tamanho do texto Aa Aa

O caso começou com mulheres e vai continuar com mulheres, mas agora no tribunal. O coletivo de juízes que vai julgar Sílvio Berlusconi por alegado delito de prostituição infantil e abuso de poder é composto apenas por magistradas.

No entanto, desenganem-se os que pensam que Berlusconi está afetado. “Estamos muito coesos e determinados a continuar o mandato até ao final. Posso apenas dizer uma coisa: não estou nada preocupado”, referiu o primeiro-ministro.

O chefe de governo é acusado de ter pago para ter sexo com a dançarina “ruby” e usado a influência do cargo para libertá-la quando estava detida por alegado furto.

Em frente ao palácio Chigi, sede do governo, a opiniões são variadas. “Acho que ele é um politico dedicado e que vai continuar empenhado em fazer o melhor para Itália”, diz um cidadão. “Apenas falam sobre isso. O que é demais é demais. Já não falam sobre política. Só falam sobre ele… basta”, declara outro italiano.