Última hora

Última hora

Juízas julgam Berlusconi

Em leitura:

Juízas julgam Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

O caso começou com mulheres e vai continuar com mulheres, mas agora no tribunal. O coletivo de juízes que vai julgar Sílvio Berlusconi por alegado delito de prostituição infantil e abuso de poder é composto apenas por magistradas.

Muitos analistas rejeitam a morte política do primeiro-ministro italiano. Como em casos anteriores, Il Cavalieri tem o apoio dos aliados. “A fúria do tribunal contra Berlusconi é evidente. Mas se alguns juízes pensam que isto vai enfraquecer a ação do governo, estão muito enganados”, diz Federico Bricolo, senador da Liga do Norte.

Berlusconi não tem intenções de se demitir e o processo pode demorar vários anos. O chefe de governo é acusado de ter pago à dançarina “ruby” para ter sexo e depois terá usado a influência do cargo para libertá-la quando estava detida por alegado furto.