Última hora

Última hora

Bahrein: polícia "limpa" acampamento de manifestantes

Em leitura:

Bahrein: polícia "limpa" acampamento de manifestantes

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos quatro mortos e quase uma centena de feridos. Eis o resultado da operação policial desta madrugada em Manama, a capital do Bahrein.

“Um ataque destinado a matar, selvagem e injustificado”, considera o líder do principal partido da oposição, Abdoul Djalil Khalil.

“As forças só avançaram depois de terem esgotado todas as possibilidades de diálogo”, responde o ministro do Interior.

As autoridades quiseram acabar com três dias de protestos e desmantelar o acampamento de manifestantes na Praça Pérola, rebatizada Praça Tahrir em referência à revolta que depôs o ex-presidente egípcio.

Próximo do gigante do petróleo saudita e em frente ao Irão xiita, o Barhein alberga a quinta frota naval americana. Os Estados Unidos e a Arábia Saudita veem na família reinante um baluarte contra o Irão xiita. Mas, se a dinastia dos Al Khalifa pertence à minoria sunita, a maioria da população é xiita e está cansada das discriminações e da pobreza.

Esta manhã, a polícia terminava de limpar a praça, apoiada pela chegada de tanques militares.

Para sábado, está marcado novo protesto para exigir a demissão do governo.