Última hora

Última hora

Iémen: quatro mortos e dezenas de feridos no sétimo dia de protestos contra o regime

Em leitura:

Iémen: quatro mortos e dezenas de feridos no sétimo dia de protestos contra o regime

Tamanho do texto Aa Aa

A contestação acentua-se no Iémen, ao sétimo dia de manifestações contra o regime do presidente Ali Abdallah Saleh.

Os protestos continuavam esta noite na capital, depois de uma quinta-feira marcada por violentos confrontos em Saná e na segunda cidade do país, Aden.

Perto de dois mil opositores que tentaram desfilar durante o dia na capital foram atacados por centenas de partidários do presidente, armados com facas e bastões.

Na cidade portuária de Aden, uma manifestação que reuniu cerca de três mil pessoas foi dispersada a tiro pela polícia.

As autoridades dizem ter disparado apenas para o ar, mas responsáveis hospitalares contabilizaram pelo menos quatro mortos por bala e dezenas de feridos.

Depois de algumas concessões, o presidente conseguiu abrir o diálogo com os partidos da oposição, mas as manifestações continuam, orquestradas sobretudo por estudantes e militantes que apelam à mobilização através da internet.