Última hora

Última hora

Egito: dois milhões na marcha da vitória

Em leitura:

Egito: dois milhões na marcha da vitória

Tamanho do texto Aa Aa

Cânticos, fogo-de-artifício e a garantia de que a revolução no Egito está mais viva que nunca.

Cerca de dois milhões de pessoas participaram na marcha da vitória, uma semana após a queda de Hosni Mubarak.

A praça da Libertação, no Cairo, foi o ponto de encontro de uma nação de olhos postos no futuro:

“Tudo o que queremos para o Egito é que o país volte a ser como era no passado. Com direitos e consciência, com um presidente atento. Um país com um bom governo que olhe pelo povo e que tenha em conta os pobres” afirma um homem.

“Estou muito orgulhosa de ser egípcia e quando viajar para fora do país posso dizer de onde venho sem qualquer problema. Todos me vão respeitar porque sou egípcia e porque participei nesta revolução. Amo, verdadeiramente, o Egito” refere uma mulher.

Um mar de gente saiu à rua em várias cidades do país. Em dia de festa o exército anunciou que não vai tolerar mais protestos.