Última hora

Última hora

Líbia: testemunha refere dezenas de mortos em Benghazi

Em leitura:

Líbia: testemunha refere dezenas de mortos em Benghazi

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de pessoas morreram este sábado em confrontos com as forças de segurança líbias em Benghazi, no Leste do país.

Os manifestantes que reclamavam o fim do regime de Muammar Khadafi foram alvejados por franco-atiradores, segundo uma testemunha que ajudou a transferir vítimas para um hospital.

Um médico de Benghazi fez referência a quinze mortos e centenas de feridos.

A organização de defesa dos Direitos Humanos Human Rights Watch contabilizou 84 vítimas mortais nos dias anteriores, na cidade que se tornou no principal foco de contestação contra Khadafi.

Em Tripoli, o regime continua a promover ações de propaganda para contrariar os protestos.

Este sábado, Saadi Khadafi, um dos filhos do líder líbio, desfilou no centro da capital perante centenas de apoiantes do coronel que dirige o país com mão de ferro desde 1969.

Propaganda ou não, as autoridades dizem ter detido um grupo proveniente de países árabes vizinhos com o objetivo de destabilizar a Líbia.