Última hora

Última hora

Estrangeiros deixam Líbia

Em leitura:

Estrangeiros deixam Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Os estrangeiros residentes na Líbia estão a abandonar o país, em particular de Benghazi, a segunda maior cidade.

É um momento duro, especialmente para os que criaram raízes, como muitos cidadãos turcos que embarcaram no primeiro “charter” da companhia aérea nacional da Turquia.

É um exemplo do que vai acontecer a inúmeros estrangeiros, incluindo portugueses e brasileiros. O avião partiu de Benghazi com destino a Istambul.

“A experiência pela qual atravessamos não pode ser contada, só quem passa por ela é que pode ter noção”, diz uma passageira. “O local onde eu trabalhava já não existe. Era uma corporação turco-árabe. Felizmente, os empregados não foram maltratados”, diz outro.

Quando o avião aterrou no aeroporto de Istambul, houve alívio e satisfação.

Em Portugal existem preocupações crescentes sobre os cidadãos nacionais naquele país, que são cerca de 200. Muitos trabalhadores e empresários já manifestaram a intenção de abandonar a Líbia.

Alguns estão já de partida.