Última hora

Última hora

Iémen: norte alia-se aos protestos contra o presidente

Em leitura:

Iémen: norte alia-se aos protestos contra o presidente

Tamanho do texto Aa Aa

A contestação contra o presidente do Iémen, Ali Abdallah Saleh, chegou a Saada, no norte do país. Dezenas de milhares de pessoas juntaram-se ao coro de protestos ouvidos na capital e no sul do Iémen. Saada tem sido desde 2004 palco de uma rebelião xiita contra o governo.

No sul, Aden continua a ser a cidade mais castigada pela repressão. A polícia voltou a disparar sobre os manifestantes, tendo provocado pelo menos uma vítima mortal e quatro feridos.

Aumenta, assim, para 12 o número de mortos confirmados nesta cidade.

Na capital, Sanaa, milhares de pessoas voltaram a pedir a demissão do presidente. Ao protesto juntaram-se vários deputados da oposição, um dia depois de terem aderido à contestação liderada pelos estudantes.

O presidente, no poder há 32 anos, avisa que só partirá pelas urnas.