Última hora

Última hora

Líbia: Ministro da Justiça demite-se

Em leitura:

Líbia: Ministro da Justiça demite-se

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro da Justiça da Líbia, Mustapha Mohamad Abdeljalil, demitiu-se do cargo “para protestar contra o uso excessivo da força” sobre manifestantes, noticiou um jornal líbio na edição “online”.

Segundo a Federação Internacional das Ligas de Direitos Humanos, desde o início do movimento de revolta popular na Líbia morreram entre 300 e 400 pessoas.

A mesmo ONG anunciou também a queda de várias cidades, incluindo Bengasi e Syrte, nas mãos de manifestantes depois de deserções no exército.

Muammar Kadhafi, o presidente líbio, prometeu guerra à revolta popular até à última gota de sangue e terá recrutado mercenários estrangeiros para reprimir os manifestantes face ao receio que o exército passe para o lado do povo.

Uma coligação de líderes muçulmanos líbios tornou pública uma declaração em que apelam a todos os muçulmanos para se revoltarem contra o regime do coronel Kadhafi, que acusam de continuar a cometer, impune e arrogantemente, “crimes sangrentos contra a humanidade”.