Última hora

Última hora

Seis países apelam à solidariedade europeia em termos de imigração

Em leitura:

Seis países apelam à solidariedade europeia em termos de imigração

Tamanho do texto Aa Aa

Um apelo à solidariedade europeia lançado a partir de Roma. O ministro italiano do Interior e cinco homólogos do sul da Europa pedem a criação de um fundo especial para fazer face à vaga de imigrantes à luz dos acontecimentos na margem sul do Mediterrâneo.

Os seis pedem também a criação de um sistema europeu de asilo e um grupo de trabalho sobre a imigração.

O ministro italiano do Interior, Roberto Maroni, explica que “uma urgência humanitária que risca de trazer até à costa dos nossos países 200 a 300 mil mil refugiados não pode ser deixada a cargo apenas dos nossos países”.

A Itália sabe do que fala, pois é uma das portas de entrada de ilegais na Europa. Nas últimas semanas, a ilha de Lampedusa acolheu milhares de tunisinos. Roma recebeu auxílio da Frontex para controlar o fluxo, mas teme que a situação se agrave com os acontecimentos na Líbia.