Última hora

Última hora

Familiares das vítimas de Lockerbie querem reação dos EUA

Em leitura:

Familiares das vítimas de Lockerbie querem reação dos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

O atentado de Lockerbie matou 270 pessoas em 1988 e inflamou tensões entre o ocidente e o Médio Oriente. Agora, as famílias das vítimas exigem uma reação dos Estados Unidos. É que o antigo ministro da Justiça de Muamar Kadhafi, Mustafa Abdel-Jalil, declarou a um jornal que o presidente líbio ordenou pessoalmente o atentado contra o avião da Pan AM, que caiu na cidade escocesa de LockerBie.

“Esta informação que surgiu a público é a primeira evidência clara de que estávamos à espera há 23 anos. Um ministro da Justiça referiu claramente que Kadhafi ordenou o ataque contra o voo 103 da Pan Am e isso foi um ato de terrorismo. Finalmente, uma administração americana deixou de se poder esconder por detrás da retórica. Eles devem responder, eles têm que responder: presidente Obama, o que tenciona fazer?”

A libertação de Abdel Baset al-Megrahi em 2009 foi muito contestada. Na altura, o ex-primeiro-ministro Tony Blair foi acusado de ter trocado o bombista, com cancro em fase terminal, por um negócio milionário envolvendo a BP.