Última hora

Última hora

Líbia: Khadafi acusa al-Qaeda de liderar vaga de contestação

Em leitura:

Líbia: Khadafi acusa al-Qaeda de liderar vaga de contestação

Tamanho do texto Aa Aa

O líder líbio Muamar Khadafi acusa a rede terrorista al-Qaeda de instigar a revolta no país.
 
Durante uma entrevista à televisão estatal, via telefónica, Khadafi disse que a contestação na Líbia é uma “farsa” e que os manifestantes são jovens manipulados, “sob influência de álcool e drogas”, distribuídas por “agentes estrangeiros”: “Como é possível deixar este fenómeno acontecer em qualquer cidade do país? Não estamos no Egito ou na Tunísia, de todo. Exigir uma Constituição ou uma sociedade civil é normal, é uma exigência pacífica e podemos chegar a um acordo, mas os manifestantes não fazem este tipo de exigências. As exigências deles são as de Bin Laden, mas os habitantes de Zawiyah não têm nada que ver com Bin Laden”, disse Muamar Khadafi.
 
Consciente do perigo, Khadafi apelou à população da cidade de Zawiyah, a poucos quilómetros de Tripoli e palco de confrontos entre forças afetas ao líder líbio e rebeldes.