Última hora

Última hora

Recolher obrigatório na Costa do Marfim

Em leitura:

Recolher obrigatório na Costa do Marfim

Tamanho do texto Aa Aa

Na Costa do Marfim, há combates um pouco por todo o território. O país mergulhou de novo na violência desde há uma semana.

O governo de Laurent Gbagbo decretou o recolher obrigatório durante o fim de semana, mas Gbagbo controla apenas metade do país desde 2002.

As milicias leais ao presidente eleito Alassane Ouattara terão consuistado esta sexta-feira a cidade de Zouan-Hounie, dominada até agora pelo poder de Gbagbo, a sul.

Abidjan tem sido palco diário de confrontos, mas a violência estendeu-se entretanto à capital política do país, a cidade de Yamoussoukro, no centro do território.

Nos últimos dias mais de 45 mil pessoas abandonaram tudo e refugiaram-se na vizinha Libéria.

A Costa do Marfim mergulhou numa crise sem fim à vista desde a eleição presidencial de 28 de Novembro. Nenhum dos dois candidatos assume a derrota.