Última hora

Última hora

Da Líbia para a Tunísia: milhares de refugiados procuram asilo

Em leitura:

Da Líbia para a Tunísia: milhares de refugiados procuram asilo

Tamanho do texto Aa Aa

Vítimas de uma Líbia dividida, milhares de pessoas tentam escapar à revolta através da vizinha Tunísia, também ela palco de convulsões.

Pelo posto fronteiriço de Ras Jdir já terão passado mais de 15 mil egípcios, de acordo com a Organização Internacional para as Migrações.

Tal como eles libaneses, sírios, tunisinos e líbios. Homens, mulheres e crianças carregam malas, cobertores e utensílios domésticos. À chegada, depois de passarem por vários postos de controlo, recebem apoio das comunidades próximas.

“Todos os habitantes de Ben Gerdan, sem exceção, envolveram-se no transporte de alimentos, água e medicamentos. Também estão a armazenar coisas em casa e a usar todos os meios disponíveis”, diz Omar Abdelkabeer, coordenador dos voluntários do comité popular de Ben Gerdan.

O êxodo de refugiados obrigou organizações não-governamentais e países como a Tunísia a prepararem hospitais de campanha na expectativa de que o regime produza em breve uma carnificina.

Só não se sabe quando será o Dia D.