Última hora

Última hora

Líbia: O drama de ser africano

Em leitura:

Líbia: O drama de ser africano

Tamanho do texto Aa Aa

Em Bengasi, os insurgentes capturaram vários africanos. Num esforço de levar a cabo o controlo da segunda maior cidade da Líbia, os prisioneiros foram separados em dois grupos e estão num local desconhecido.

Contudo segundo Peter Bouckaert, um responsável da organização Human Rights Watch, que visitou e falou com os prisioneiros, trata-se de trabalhadores africanos apanhados no meio do caos.

O tratamento deste e doutros casos semelhantes é extremamente sensível, porque se foram colocados em liberdade, os prisioneiros correm risco de vida.

“Andávamos à procura de trabalho e estávamos num comboio quando nos disseram que havia voos grátis para Tripoli que podíamos utilizar. De um momento para o outro demos por nós aqui no aeroporto onde nos deixaram”, explicou um dos capturados.

Mas, nem sempre as coisas correm bem para quem é apanhado pela população que procura vingar as vítimas dos mercenários, sobretudo quando está vestido com um camuflado…