Última hora

Última hora

Milhares de estrangeiros fogem da Líbia

Em leitura:

Milhares de estrangeiros fogem da Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Os estrangeiros continuam a sair da Líbia, fugindo aos tumultos que grassam naquele país.

Perto de 3 mil chineses chegaram este sábado a Creta, vindos da cidade de Bengasi, num ferryboat fretado pelo governo Chinês.

Este é o primeiro de três ferries a aportar em Creta, ao todo são cerca de 6 mil trabalhadores chineses.

As autoridades da ilha asseguraram estar preparadas como confirma este trabalhador:“As autoridades do porto de Heraklion farão tudo o que estiver ao seu alcance para tratar essas pessoas bem e com o respeito que merecem.”

A Malta chegou, na madrugada deste sábado, mais um ferryboat com cerca de 2 mil e quinhentas pessoas, vindas da cidade de Bengasi.

Provenientes do epicentro da rebelião líbia, os passageiros dão conta da insegurança e violência que se vive nas ruas da cidade.

“Alguns dos meus amigos foram rodeados na rua por mercenários, que apareceram em carros sem matrículas. Três deles foram atingidos a tiro, assassinados,” assegura um dos passageiros.

O repatriamento de estrangeiros continua, são vários os governos que estão a tirar os seus cidadãos da Líbia. Os últimos 56 portugueses, que ainda se encontravam no país, estão a bordo de um ferryboat a caminho da Grécia, com 146 brasileiros, três espanhóis, cinco irlandeses e um tunisino.