Última hora

Última hora

Líbia: Confrontos nos arredores de Tripoli

Em leitura:

Líbia: Confrontos nos arredores de Tripoli

Tamanho do texto Aa Aa

Em Tajura, nos arredores de Tripoli, manifestantes anti-Kadhafi foram atacados por forças fiéis ao regime e por mercenários.

Do confronto, segundo testemunhas locais, resultaram alguns mortos e feridos graves.

Informações provenientes de várias fontes referem que no centro da capital, não se notam medidas de segurança especiais, mas à volta da cidade existe uma forte presença militar que controla o acesso a Tripoli.

Hoje o Conselho de Segurança das Nações Unidas discute a imposição de sanções contra o coronel Muammar Kadhafi, família e pessoas que lhe são próximas. Entre elas está a proibição de viajar para fora do país, o congelamento de bens e o embargo da venda de armas à Líbia.

A nível da comunidade internacional, há cada vez mais vozes a contestarem a liderança do coronel líbio.

O presidente Barack Obama disse claramente que Kadhafi perdeu a legitimidade de governar e deveria partir de imediato.

Todavia, para os que estão com Kadhafi, a perspetiva é totalmente diferente, e por vezes quase alucinante.

Seif Al-Islam, um dos filhos do ainda líder líbio, afirmou que a situação era excelente em três quartos do país, embora reconhecesse que há uma vontade interna de mudança.

Após uma conferência de imprensa, um jornalista interpelou-o e perguntou-lhe se achava que o seu pai iria ter a mesma atitude de Mubarak e afastar-se-ia do poder. Após refletir, a resposta foi contundente e precisa: “Não”.