Última hora

Última hora

Vale tudo para retirar estrangeiros da Líbia

Em leitura:

Vale tudo para retirar estrangeiros da Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Os governos ocidentais não olham a meios retirar os respetivos cidadãos da Líbia.

Alguns estão a fazê-lo de forma mesmo audaciosa, como a Grã-Bretanha que enviou em segredo dois aviões Hercules C130 ao deserto líbio para trazer 150 pessoas para Malta.

“Desde segunda-feira que Malta se transformou na principal plataforma de repatriamento de estrangeiros que se encontram na Líbia. Nos últimos cinco dias, só neste pequeno aeroporto, já passaram mais de duas mul pessoas”, confirma o enviado da euronews, José Miguel Sardo.

Dos milhares que passam pela ilha, muitos são os que trazem memórias traumáticas, como o consul da Austrália :

“Foi uma experiência que não esquecerei para o resto da vida. Penso que todos nós que deixámos a Líbia estamos muito tristes. Muitos de nós temos amigos líbios, os líbios são um povo muito amável. Foram muito muito simpáticos e prestáveis para mim e ninguém merece ser tratado da forma terrível e brutal que eles têm estado a ser tratados nas últimas semanas”

A maior comunidade emigrantes na Líbia é a chinesa. Pequim tem 30 mil cidadãos para repatriar, o mais depressas possível.