Última hora

Última hora

Al-Bayda: retrato de uma revolução de elevado custo humano

Em leitura:

Al-Bayda: retrato de uma revolução de elevado custo humano

Tamanho do texto Aa Aa

A antiga bandeira líbia desfila em Al-Baida, libertada do regime de Tripoli. A cidade do Leste do país foi das primeiras a virar-se contra Muammar Kadhafi.

Uma contestação recebida com violência, como constatou o correspondente da euronews, Mohamed Elhamy:

“Al-Bayda assistiu a alguns dos confrontos mais violentos entre opositores e forças de segurança. Centenas de pessoas morreram ou ficaram feridas. No único hospital da cidade, alguns dos feridos descreveram-me as suas experiências”.

“Fui atingido duas vezes. Uma bala atravessou o meu ombro. A outra acertou-me no peito e foi agora removida”.

Segundo testemunhas e membros dissidentes do Exército, grande parte da violência foi obra de mercenários contratados pelo regime.

Em Al-Bayda, as atenções concentram-se agora na assistência aos feridos e na preservação de uma liberdade de custo bastante elevado.