Última hora

Última hora

"O discurso do rei" brilha em noite de Óscares

Em leitura:

"O discurso do rei" brilha em noite de Óscares

Tamanho do texto Aa Aa

Sem surpresa, “O discurso do rei” de Tom Hooper arrecadou o Óscar para melhor filme.

Nomeado para 12 prémios venceu, ainda, nas categorias de melhor argumento original, melhor realizador e melhor ator.

Colin Firth venceu o Óscar de melhor ator no papel de George VI de Inglaterra, um monarca que trava uma batalha para vencer os problemas de gaguez.

Natalie Portman arrecadou o Óscar para Melhor atriz. Um galardão pelo desempenho no filme “O cisne negro” onde veste a pele de uma bailarina obcecada em atingir a perfeição.

Os agradecimentos da atriz foram para o companheiro e para os pais.

O Óscar de melhor filme estrangeiro foi para a Dinamarca. “Num mundo melhor” chega a Portugal a 07 de abril.

O Óscar de melhor documentário foi atribuído a “Inside Job – A verdade da crise”, de Charles Ferguson.

“A rede social” apontado pela crítica como um dos grandes favoritos da noite, em Los Angeles, levou para casa o prémio de melhor argumento, banda sonora original e montagem.