Última hora

Última hora

Dior inicia despedimento de John Galliano

Em leitura:

Dior inicia despedimento de John Galliano

Tamanho do texto Aa Aa

A queda do ícone da Dior em plena semana da moda de Paris. A casa de alta-costura francesa iniciou o processo de despedimento de John Galliano. A gota de água foi a divulgação de um vídeo, no qual o estilista britânico, bêbado, diz admirar Hitler.

Galliano tinha sido suspenso na sexta-feira, depois de um casal o ter acusado de insultos antissemitas e racistas, num bar parisiense. Acusações que o levaram ontem a uma esquadra da polícia para confrontações.

O inquérito está em curso, mas a Dior considera que o caso afeta a imagem da marca e decidiu pôr fim a mais de 15 anos de colaboração. Também a atriz Natalie Portman, embaixatriz de um perfume Dior e de origem judaica, se distanciou do criador, dizendo-se chocada.

John Galliano, conhecido pela sua excentricidade, é o autor do renascimento da casa Dior. O seu afastamento fez pairar a incerteza sobre a participação na semana da moda de Paris. A casa Dior mantém o desfile de sexta-feira e para domingo está marcado o da John Galliano.