Última hora

Última hora

Iémen: Milhares voltam às ruas contra Saleh

Em leitura:

Iémen: Milhares voltam às ruas contra Saleh

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram às ruas de Sanaa, capital do Iémen, esta terça-feira, em protesto contra o regime do Presidente Ali Abdallah Saleh.

Este novo “dia de raiva” foi organizado pela oposição e dedicado às 24 vítimas que pereceram nos protestos anteriores contra Saleh. Os manifestantes prometem continuar a luta contra o regime iemenita e irão até às últimas consequências.

“Nós juramos que não teremos medo, não importa quantas pessoas o presidente Saleh mate, quantos ele prenda ou torture. Nós morremos como mártires e iremos para o paraíso e ele vai para o inferno. Deus é maior. O presidente e este regime corrupto deve cair”, exigiu um dos manifestantes.

Ali Abdallah Saleh, no poder há três décadas, acusou Israel e os Estados Unidos de orquestrarem a revolta árabe: “A sala de operações está em Telavive. É aqui que se está a tramar a destabilização e a a queda do mundo árabe. Os manifestantes são apenas executores e imitadores. A sala desta operação está em Telavive e é gerida pela Casa Branca.”

Saleh, aliado dos Estados Unidos na luta contra a Al-Qaida, enfrenta a contestação da oposição e das tribos, muito influentes no país.

Simpatizantes do regime organizaram, também esta terça-feira, uma manifestação de apoio ao presidente, convocada pelo partido Congresso Popular Geral.