Última hora

Cresce o desemprego em Espanha

Em leitura:

Cresce o desemprego em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego voltou a crescer em Espanha, no mês de fevereiro, em relação a janeiro.
 
O crescimento foi de 1.6 por cento, segundo o barómetro mensal do emprego, do Ministério do Trabalho.
 
O Instituto Nacional de Estatística, que tem métodos de medição diferentes, diz que o recorde de desemprego foi batido no último trimestre de 2010, com mais de 20 por cento de desempregados.
 
Em novembro, havia 4,1 milhões de desempregados. Em fevereiro, esse número subiu para 4,3 milhões.
 
Desde 1997 que não havia números tão altos.
 
As filas nos centros de emprego vão crescendo e a espera é cada vez, mais desesperante.
 
Os números, segundo alguns especialistas, podiam ser ainda piores. Mas a hotelaria, num país com forte setor turístico, vai absorvendo alguma mão-de-obra.
 
A maior perda de emprego está a acontecer, agora, nos serviços. Mais de 150 mil espanhois perderam aqui os seus empregos, no último mês.