Última hora

Última hora

Embaixada Líbia em La Valleta "zona livre"

Em leitura:

Embaixada Líbia em La Valleta "zona livre"

Tamanho do texto Aa Aa

Os líbios de Malta tentam encorajar a revolução e transformam a embaixada local em “zona livre”.
 
 
No edifício da embaixada a bandeira do antigo regime foi retirada e substituída pelas cores da revolta sob o olhar de alguns manifestantes anti Kadhafi. 
 
A pequena comunidade de dois mil líbios de La Valleta, tem acompanhado os acontecimentos na Líbia com grande apreensão, muitos são refugiados do regime à espera de poderem entrar na Europa por uma vida melhor. 
 
“Mudamos a bandeira, esta é a única coisa que podemos fazer, não podemos fazer mais nada, não podemos salvar as pessoas, há gente que morre todos os dias, estão a morrer muitos”, declara um manifestante.
 
Aqui em Malta os líbios também estão divididos.

Muitos mantém o silêncio até ver para que lado cairá o fiél da balança, o terror chamado Kadhafi, ameaça ter mais do que uma vida e os líbios sabem-no muito bem.