Última hora

Última hora

Rebeldes líbios apelam a zona de exclusão aérea

Em leitura:

Rebeldes líbios apelam a zona de exclusão aérea

Tamanho do texto Aa Aa

Conselho Nacional libanês apelou esta quarta-feira à imposição de zona de exclusão aérea.

O órgão criado pelos rebeldes que assumiram o controlo da cidade de Bengazi no leste do país será liderado pelo antigo ministro da justiça, Mustafa Abdel Jalil. O órgão será composto por trinta elementos.

O anúncio foi efetuado pelo coronel Abd Alah El Mahdy El Zayde, um porta-voz do Conselho.

“A entrada no leste da Líbia será impossível para as forças de Kadafi. Aqui estamos preparados para morrer em defesa das nossas cidades e regiões. A comunidade internacional deverá impor uma zona de exclusão aérea, não porque receamos por Bengazi, mas porque receamos que Kadafi possa atacar outras cidades e refinarias. Por isso devem impor imediatamente uma zona de exclusão aérea”, disse.

Enquanto em Bengazi decorrem os preparativos para o combate, o Conselho Nacional libanês adiantou ainda esta quarta-feira acreditar que o Niger, Mali e Quénia estariam a enviar forças para apoiarem o líder líbio.