Última hora

Última hora

Iémen: Saleh estuda proposta da oposição mas não pára protestos

Em leitura:

Iémen: Saleh estuda proposta da oposição mas não pára protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos no Iémen continuam, apesar do presidente estar a equacionar uma proposta da oposição que pede uma renúncia do cargo até ao fim do ano.

Milhares de iemenitas voltaram a reclamar na capital a demissão imediata de Ali Abdallah Saleh, no poder há 32 anos.

O movimento estudantil que acampa junto à praça da Universidade de Saná recusa qualquer compromisso. Este manifestante diz que o diálogo entre o governo e a oposição “não representa os jovens, que querem que Saleh saia e entregue o poder ao povo”.

Em comunicado, o movimento de contestação denunciou “tentativas de acabar com a revolução, que só parará com a queda do regime e a partida dos seus símbolos”.

Para além da saída de Saleh ainda em 2011, a proposta da coligação de partidos opositores pede a investigação da violenta repressão dos protestos, que fez pelo menos 27 mortos, segundo a Amnistia Internacional.