Última hora

Última hora

Líbia: países europeus abrem ponte aérea para repatriar refugiados

Em leitura:

Líbia: países europeus abrem ponte aérea para repatriar refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de refugiados egípcios começaram a abandonar esta quinta-feira a fronteira com a Líbia em direção ao aeroporto tunisino de Djerba.

São os primeiros beneficiários de uma ponte aérea estabelecida por vários países europeus para transportar para o Egito milhares de expatriados que fogem da violência na Líbia.

A França lidera este esforço coordenado com as autoridades egípcias e disponibilizou equipas médicas para acompanhar os voos.

O embaixador francês na Tunísia explica que foram “previstos seis aviões de 250 assentos para esta quinta-feira e para os próximos cinco dias”.

Pelo menos um avião fretado pela Espanha também deverá colaborar na operação, bem como três navios militares alemães, com capacidade para repatriar quatro mil pessoas.

A Comissão Europeia anunciou uma ajuda de trinta milhões de euros para enfrentar a crise humanitária dos refugiados que fogem da Líbia.