Última hora

Última hora

Explosão destrói paiol em Al-Rajma

Em leitura:

Explosão destrói paiol em Al-Rajma

Tamanho do texto Aa Aa

Na Líbia, uma forte explosão destruiu um depósito

de munições em Al-Rajma.

Situada a 40 quilómetros de Bengasi, Al-Rajma

alberga dez depósitos subterrâneos de armamento.

A origem da explosão ainda não foi apurada. Se para uns foi sabotagem de agentes de Kadhafi, para outros, tratou-se de um bombardeamento aéreo.

“Olhem para aquilo. Era um arsenal. Havia lá muitas armas e munições. Era um arsenal da força aérea”, grita uma testemunha.

A explosão deu-se na altura em que se realizava uma manifestação de apoio à rebelião, na marginal de Bengasi. A destruição foi completa num

raio de centenas de metros.

Com o desenrolar da luta entre as forças fiéis a Kadhafi e os rebeldes, começa a ser desenhada uma divisão do país.

A ocidente uma área dominada por Kadhafi que inclui a capital e arredores, e a leste uma zona dominada pelos rebeldes.

A cidade de Zawiyah, 50 quilómetros a leste de Tripoli, foi reconquistada pelas forças leais a Kadhafi. Habitantes locais testemunharam a morte de dezenas de civis durante uma manifestação de protesto após as orações de sexta-feira. Apoiantes pró-regime e forças do exército utilizaram metralhadoras, lança-granadas e mesmo “snipers”, localizados no telhado de um hotel, para disparem sobre a multidão.