Última hora

Última hora

Kadhafi aceita proposta de Chávez para mediar conflito

Em leitura:

Kadhafi aceita proposta de Chávez para mediar conflito

Tamanho do texto Aa Aa

O governo líbio aceitou a proposta da Venezuela para se criar uma missão de paz, com outros países, para intervir na crise que grassa na Líbia.

A confirmação veio do chefe da diplomacia venezuelana, Nicolás Maduro, esta sexta-feira, durante a reunião da Aliança Bolivariana para as Américas (ALBA), em Caracas.

O Presidente, Hugo Chávez, afirmou que “depois

de analisarem a situação internacional, os representantes da ALBA, resolveram repudiar as intensões intervencionistas que pairam sobre a Líbia, cujo principal objetivo é apropriar-se dos seus recursos naturais.”

No Mediterrâneo continuam as movimentações das forças militares da NATO. O navio de guerra norte-americano, USS Kearsarge, chegou esta sexta-feira à ilha de Creta, na Grécia.

Os habitantes da ilha não gostaram e manifestaram-se contra uma intervenção militar na Líbia.

“É óbvio que os imperialistas não hesitam em provocar um derramamento de sangue só para obterem lucros. Ninguém acredita nas intenções deles de defender os direitos humanos do povo Africano,” afirma uma das manifestantes.

Ainda esta sexta-feira, os Estados Unidos enviaram dois aviões militares para a Tunísia com cobertores, água e outros bem essenciais, para ajudar os milhares de refugiados que conseguiram fugir da Líbia.