Última hora

Última hora

Voluntários ajudam refugiados em Ras Jedir

Em leitura:

Voluntários ajudam refugiados em Ras Jedir

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de voluntários trabalham incansavelmente no campo de Choucha em Ras Jedir. A sua missão é ajudar os refugiados que chegam da Líbia à procura de abrigo em território tunisino.

Entre eles está um grupo de estudantes da faculdade de medicina de Sousse que colabora com as autoridades, as ONG’s e as Nações Unidas:

“Tentamos apenas dar-lhes apoio moral, alimentos, cobertores, camas para as crianças, etc.”, sublinha uma voluntária.

É num hangar a escassas dezenas de metros do posto fronteiriço tunisino que são guardados os alimentos e agasalhos distribuídos por quem chega.

Numa iniciativa local, um dos maiores clubes de futebol tunisinos, organizou uma caravana de ajuda aos refugiados.

“Com esta iniciativa, o Clube Africano foi um dos primeiros a participar no esforço de ajuda aos refugiados. Estamos a organizar mais duas caravanas”, salientou um responsável do clube.

Jamel Ezzedini, o correspondente da Euronews em Ras Jedir faz o ponto da situação:

“Os esforços para assegurar aos refugiados as melhores de acolhimento, multiplicam-se.

As organizações de assistência tunisinas e internacionais apelam às nações Unidas e à União Europeia que definam um plano de repatriamento dos refugiados. A crise deixou de ser humanitária para ser uma crise de capacidade de acolhimento de mais refugiados que continuam a chegar”.