Última hora

Última hora

Diálogo histórico entre a Sérvia e o Kosovo

Em leitura:

Diálogo histórico entre a Sérvia e o Kosovo

Tamanho do texto Aa Aa

A Sérvia e o Kosovo começaram as primeiras conversações diretas desde a declaração unilateral da independência do Kosovo.

A reunião desta terça e quarta-feira em Bruxelas tem a mediação da União Europeia e reúne a vice-primeira-ministra kosovar, Edita Tahiri, e o representante sérvio dos Negócios Estrangeiros Borko Stefanovic.

Por enquanto, as negociações não devem abordar o estatuto do Kosovo, que proclamou a independência em fevereiro de 2008. A Sérvia recusa reconhecer a autonomia do antigo território que continua a considerar como uma província.

O diálogo deve abordar questões que afetam a vida diária dos kosovares, como a liberdade de movimento. Mas, a termo, o objetivo é conquistar o reconhecimento da independência pelos vizinhos.

“Estou à espera de resultados concretos porque já era tempo de conversações. Sim, aconteceram coisas no passado entre nós e a Sérvia, mas necessitamos de um Estado em condições para o futuro”, comenta um habitante de Pristina.

Mas estará Belgrado disposta a reconhecer o Kosovo como um Estado independente?

“Infelizmente as feridas ainda são muito profundas. Mas acredito que se deve conseguir um compromisso”, comenta um residente de Belgrado.

Entretanto, a chefe da diplomacia dos 27, Catherine Ashton, admitiu, em comunicado, que a iniciativa é “uma oportunidade” para que a Sérvia e o Kosovo se aproximem da União Europeia.