Última hora

Última hora

Abdel Hafeez Gogha: "Somos capazes de eliminar Kadhafi"

Em leitura:

Abdel Hafeez Gogha: "Somos capazes de eliminar Kadhafi"

Tamanho do texto Aa Aa

O vice-presidente do Conselho Interino de Transição Nacional explicou à euronews os planos do organismo da oposição com sede em Benghazi no fim das 72 horas dadas na terça-feira a Kadhafi para que deixe o poder.

Abdel Hafeez Gogha: “No fim do prazo, vamos celebrar a nossa vitória e anunciar o nosso Estado: o Estado de Direito, das instituições e da Constituição. E será o fim do caos que vivemos durante o período de Kadhafi.

Continuaremos a nossa batalha até à libertação de todo o território. Somos capazes de libertar o nosso país, fazemos parte da comunidade internacional e esperamos que a comunidade internacional não tome decisões duras contra nós. Tudo aquilo que precisamos da comunidade internacional é o reconhecimento das Nações Unidas e do Conselho de Segurança.

Somos capazes de eliminar Kadhafi. Começámos a nossa luta pacificamente, mas tivemos de reagir. Kadhafi fez uma escolha distinta e nós somos capazes de lidar com essa escolha. Todos conhecem a coragem dos líbios e temos a nossa fé.

O nosso exército atual será a essência do futuro exército líbio. As forças atuais tiveram um papel importante na nossa luta pela libertação, por isso serão a essência do próximo exército.

Recebemos telefonemas de muitos países europeus, mas não houve declarações suficientes. Dizem que querem ajudar-nos e reconhecer o Conselho Nacional. Alguns países já nos deram ajuda médica e nós agradecemos.

Se a tribo Wirfalla – [a maior do país] – declarar oficial e claramente o apoio aos revolucionários, se levantar a bandeira da independência e agir contra Kadhafi, a libertação estará nas suas mãos.”