Última hora

Última hora

Egito faz operação de charme no Salão do Turismo de Berlim

Em leitura:

Egito faz operação de charme no Salão do Turismo de Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

O regresso em força do Egito ao mercado mundial do turismo é a grande notícia da edição deste ano do Salão do Turismo de Berlim. Um salão que tem a Polónia como convidada de honra e contou com o ex-presidente Lech Walesa na inauguração.

O impacto da crise no mundo árabe no turismo é o tema que mais debate está a originar neste salão. O setor está otimista e espera que, depois da poeira ter assentado, estes países possam tornar-se atrações turísticas ainda maiores do que eram antes.

O Egito começou já a recuperar os turistas. Para o presidente da associação turística alemã, Jürgen Büchy, a Líbia pode também vir a tornar-se num ponto importante: “Houve já várias tentativas, no passado, de tornar a Líbia num ponto turístico. Há muitas praias, mas a infraestrutura é fraca, os líbios estavam a tentar melhorar as coisas, mas o atual clima de guerra civil acabou por desferir um golpe”.

O Egito, que perdeu muitos turistas com as convulsões que deitaram abaixo o regime de Mubarak, quer agora afirmar-se como país estável e democrático. Para isso montou uma verdadeira operação de charme neste salão de Berlim, onde participa o ministro do turismo do país.